quinta-feira, 29 de março de 2012

Liberdade pela graça

Leia Romanos 8.1-17
Agora, pois, já nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Porque a lei do Espírito da vida, em Cristo Jesus, te livrou da lei do pecado e da morte. Romanos 8.1-2

A primeira vez que li a passagem bíblica citada acima, precisei refletir sobre ela por algum tempo. Não há condenação; eu fui libertada do pecado e da morte. É muita coisa para absorver. Caminho com Deus faz algum tempo e, por vezes, ainda acho difícil acreditar que fui verdadeiramente libertada. Intelectualmente sei disso. Foi o que me ensinaram; mas há uma diferença entre saber e acreditar. Ainda vejo-me tentando merecer o amor e o perdão de Deus quando eles me foram dados graciosamente. Deus não quer que me sinta como se tivesse de esforçar-me constantemente para provar a mim mesma, ou como se estivesse sempre falhando em meu relacionamento com Ele. Deus quer apenas que eu me sente e permita que a graça e a misericórdia se derramem sobre mim como uma fonte transbordante. Quando permito que Deus entre em minha alma, ouço um sussurro: "Você não precisa provar nada para mim. Vim para vencer o pecado, para que você não precisasse se sentir indigna. Eu a fiz para viver em semelhança a mim". Eu permiti me sentir como a pessoa bela e maravilhosamente criada por Deus, não alguém sem esperança. Sou grata por termos um Deus que não exige que eu conquiste o Seu amor. Tenho apenas de me permitir senti-Lo e aceitar minha liberdade por meio de Cristo. Sou grata por Deus ter me amado o bastante para Se tornar humano e Se sacrificar para que eu possa conhecer esta liberdade.
Oração: Amado Deus da salvação, em nossa fraqueza, ouve as nossas orações. Em nome de Jesus. Amém.
Pensamento para o dia: "Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres" (João 8.36)
Oremos pelas pessoas que se sentem aprisionadas em si mesmas ou aos acontecimentos.
Allison Fasig (Tennessee, EUA)
-------------------------

Postar um comentário